VENCEDORES DO MÊS DE OUTUBRO DE 2017

Didi
Pug Charlotte
Dara - PetRun Floripa SC 3º lugar

Para os Pets || Altar dos Anjos || MEU PROTETOR

MEU PROTETOR

O lhasa apso tanto pode ser uma companhia agradável como um guarda eficiente É um cão dócil, mas de grande coragem. Dotado de ouvido finíssimo, percebe bem os rumores leves e longínquos e dá o alarme com sua característica voz clara e aguda...O lhasa apso é um cão muito antigo – alguns historiadores acreditam que a raça tenha pelo menos 500 anos –, e seu nome não deixa dúvidas quanto ao seu local de origem: o Tibet, cuja capital chama-se lhasa. Segundo alguns, o apso do nome da raça seria uma derivação da palavra tibetana apsoo, que significa ovelha, o que pode ser considerado uma referência à aparência e textura áspera de seu pelo. Outros estudiosos atribuem o "apso" de seu nome à sua função original: ser a sentinela do Palácio de Potala, e para justificar esta interpretação evocam o nome original da raça: "apso seng kye", que seria o equivalente a “cão de sentinela que ruge como um leão”. Durante toda a fase inicial da raça, ainda em seu país de origem, o lhasa era considerado um cão sagrado, e os budistas acreditavam ser uma encarnação de antigos lamas. Acompanhavam os monges onde quer que fossem e tinham como função zelar pelas propriedades dando o alerta ao menor sinal.a sua inteligência unida a um fina audição faz com que possua um certo sexto sentido. Acreditava-se ainda, que os lhasas seriam capazes de prever avalanches nas montanhas. Jamais poderia ser vendido e somente era presenteado a altos dignitários e autoridades políticas. Ganhar um lhasa era um sinal de apreço extremo. Por este motivo a raça só alcançou o ocidente nos anos 30 de nosso século. Cão de companhia por excelência devido a seu tamanho, perspicácia e temperamento tranqüilo, adapta-se facilmente a qualquer ambiente. Alguns exemplares eram também encontrados nas cortes reais da china e do Japão.Por centenas de anos os Lhasa Apsos foram criados para serem cães sentinelas no interior do palácio do Dalai Lama (Palácio de Potala) e nos lares de outros dignitários do Tibet. Esta é sua herança. Em conseqüência disso, os Lhasas são muito apurados em sua audição e são usados freqüentemente como cães de assistência para o surdo. Os Lhasas maduros, e com o auxílio de seus proprietários, aprendem a distinguir os sons normais, cotidianos daqueles ruídos que são fora do comum. Conseqüentemente, ao contrário de muitas outras raças de cães, os Lhasas tendem a latir somente quando há uma real razão para agirem assim. É típico ver um Lhasa que não late quando ouve outros cães da vizinhança latindo. A raça Lhasa Apso é inigualável pois o contato próximo com o povo do Tibet, por anos e anos, desenvolveu a formação de sua personalidade e, por causa dessa influência, são cães amáveis, inteligentes, devotados, sensíveis e espirituosos...

← VOLTAR

Publicidade

Gerao Pet

Cadastre-se e receba ofertas exclusivas!