VENCEDORES DO MÊS DE AGOSTO DE 2016

Safira A Princesa Da Casa
Lolla pensativa
Lucky

CONCURSO DE FOTOS PARA CACHORROS

Existem 5647 cachorros participando. Confira os últimos participantes cadastrados:

CLIQUE AQUI E VEJA TODAS AS FOTOS PARTICIPANTES

DICAS E CURIOSIDADES

Dicas e curiosidades sobre cachorros - Filmes, livros, notícias, reflexões e saúde. Existem 229 itens cadastrados.

Para que o animal de estimação aproveite a temporada sem sofrer com o sol e o calor e curta as férias de maneira saudável, alguns cuidados são necessários. O verão chega e para as pessoas é época de praia, sol, mar e diversão. Mas para os animais de estimação este pode ser um período difícil, principalmente para os mais peludos. Para evitar que cães e gatos sofram com o calor, os veterinários recomendam alguns cuidados simples, mas que podem deixar os bichinhos tranquilos para encarar a temporada com mais saúde. A médica veterinária da Clínica Bem Estar Animal, Ludmila Maria Pereira de Carlos, explica que, em primeiro lugar ,é preciso deixar o animal em lugar fresco e muito bem hidratado para evitar a insolação. Colocar uma pedra de gelo no pote de água ajuda a manter a bebida fresca por mais tempo. Outra dica é a água de coco. Oferecer um pouco dela, desde que geladinha, é uma opção para auxiliá-lo a manter a temperatura do corpo. Os principais sinais que indicam que o animal pode estar com insolação e desidratação são vomito e diarreia. Para tratar em casa é indicado o soro caseiro, semelhante ao que é feito para crianças. ''Um copo de 250 ml de água, com uma colher de café de açúcar e uma pontinha de sal ajuda a reidratar. Se o bichinho não melhorar, o ideal é levá-lo ao veterinário'', explica Ludmila. Para quem costuma levar o cachorro para passear nos parques e ruas da cidade ou nos calçadões do Litoral, é preciso ficar atento com os horários. Entre 10 e 16 horas não é adequado ficar exposto ao sol, o que pode causar queimaduras na pele. Além disso o chão está muito quente e pode machucar a pata e causar bolhas. ''O correto é deixar o cão caminhar apenas na grama, não no asfalto. O calor entra pelas patinhas e o animal não percebe. Só à noite o corpo esfria e ele começa a passar mal. Em alguns casos pode causar desnaturação das proteínas e levar à morte'', diz a veterinária. Se o dono notar que isso está acontecendo com seu animal, um atendimento de emergência antes de levar ao veterinário é molhar todo o corpo dele com água gelada ou passar álcool na parte interna das coxas, nas axilas e no pescoço. Isso ajuda a baixar a temperatura do corpo do bichinho, que com insolação forte pode chegar a 42 graus C. Quanto aos pelos, o correto é deixá-los bem curtos no verão. Para quem não gosta, os médicos veterinários recomendam pelo menos uma boa tosa higiênica para reduzir a quantidade de pelos em algumas regiões. Fonte: Gazeta do Povo

LEIA MAIS >

''A história de Angus (Jesse Bradford) e seu cachorro Yellow, um labrador amarelo, cuja amizade nem o tempo ou distância podem quebrar . John McCormick (Bruce Davison), sai de barco com seu filho Angus para fazer uma entrega de mercadorias, mas uma tempestade os alcança, o barco encalha e pega fogo . John é resgatado mas Angus e Yellow ficam perdidos. John e sua esposa (Mimi Rogers) ajudados pelo oficial da Guarda Costeira John gale (Tom Bower) Iniciam uma busca desesperada. Mas Angus sabe que ele e seu cão não podem esperar por muito mais tempo. Feito com muito realismo, suspense e surpreendentes efeitos especiais criados por John Thomas (A Anjo Malvado e Risco Total). Esta é uma aventura irresistível para crianças e adultos!'' Fox Film

LEIA MAIS >

VEJA MAIS DICAS E CURIOSIDADES

SOBRE AS RAÇAS

Tenha informação sobre todas raças de cachorros do mundo! Existem 115 raças cadastradas.

Características: Antigamente utilizado como cão de rinha e combates com touros, e atualmente cercado histórias sobre valentia e determinação, e outras vezes confundido com o Pitt Bull (talvez pela semelhança entre os nomes), essa raça merece destaque a fim de esclarecer que o Bull Terrier é grande amigo e companheiro, sempre cheio de vida e disposição, dedicado ao dono; gosta do ambiente familiar, quando é ignorado implora por atenção e carinho. Podendo ser criado em pequenos espaços mas necessita de passeios diários a fim de exercitar a sua poderosa musculatura. Em casa é um cão educado e inteligente. O Bull Terrier praticamente não late, só para avisar a presença de estranhos. Possui temperamento alegre adora brincar e pular muito para chamar a atenção, porém, seus brinquedos não permanecem inteiros por muito tempo. Origem: Grã Bretanha. Pêlo: Curto, assentado, denso, áspero e brilhante. Cor: Branco puro, rajados, vermelhos, castanhos e tricolor. Grupo: Terrier. Porte: Médio. Altura: Média de 53 cm. Peso: Médio 28 kg. * Com exceção do Bull Terrier Miniatura, altura não pode exceder a 35,5 cm e peso sem limitação, desde que as proporções sejam equilibradas. Classificação: Companhia

LEIA MAIS >

Características: Muito conhecido como “atleta canino”, esse cão é um incrivel caçador e muito versátil já foi utilizado para caça a raposas e javalis, no entanto é muito valente e inteligente tendo sido assim utilizada para inúmeras outra funções relacionadas a caça.Esta raça combina coragem com graça, beleza com inteligência e alegria com dignidade, tem seduzido muita gente. Se num primeiro contato ele já chama a atenção por sua bonita pelagem, há algo nele que vai muito além e consegue conquistar definitivamente quem com ele convive. Origem: Grã Bretanha. Pêlo: Denso, crespo, textura de arame, com subpêlo curto e macio. Cor: Branco com marcações pretas e castanhas. Grupo: Terrier. Porte: Médio. Altura: 33/41 cm. Peso: 6/9 kg. Classificação: Companhia.

LEIA MAIS >

VEJA TODAS AS RAÇAS

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba ofertas exclusivas!